terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Os 100 mais de uma década de concertos, #66-70

66. THINK OF ONE @ TEATRO VARIEDADES
28 de Junho de 2006
Integrado, salvo erro, num conjunto de iniciativas que, de alguma forma, estiveram associadas à realização do Mundial da Alemanha e à transmissão da bola no Teatro Mayer, a mini-cidade lisboeta de teatros serviu de palco a um conjunto de iniciativas nas músicas do mundo, entre as quais este espectáculo dos Think of One. Escrevi na altura: "O que fazem os Think of One? Não há uma resposta única possível, porque esta trupe de flamengos já se meteu com a música do Brasil, de Marrocos, do Congo, das Balcãs, etc., dando-se ao luxo de pegar no jazz, no rock (e até mesmo no hardcore, como acontece no tema 'Tahina') e misturar tudo como se fosse a coisa mais normal do mundo. Ontem, trouxeram ao Parque Mayer (Teatro Variedades) o capítulo das viagens pelo nordeste brasileiro, presente em discos como 'Chuva em Pó' e o mais recente trabalho, 'Tráfico'. Nos seus mais de sessenta anos de idade, seria a Dona Cila do Côco a captar a maior atenção dos presentes, com a jovialidade e apego com que se entrega aos desvarios dos excelentes músicos flamengos e brasileiros que se espalhavam pelo palco. Cedo se instalou uma enorme festança, com as percussões a mandarem quase o teatro desta para melhor. Ao vivo, os Think of One excedem-se a um ponto quase inimaginável para quem os conhece dos discos. É um dos concertos do ano."

67. ORCHESTRA BAOBAB @ FMM SINES
24 de Julho de 2008
Antecipei muito, mas mesmo muito este espectáculo, ao ponto de recear que o excesso de expectativa contra-atacasse na altura. Mas acabei por não conseguir parar de dançar do início ao fim, de sorriso idiota estampado na cara.

68. BASSEKOU KOUYATÉ & NGONI BA @ FMM SINES
17 de Julho de 2008
Não foi preciso muito para que toda a gente presente no pequeno auditório de Sines ficasse rendida ao blues dançante proporcionado pelas ngoni (guitarra maliana) do grupo de Bassekou Kouyaté, que já tinha dado um excelente concerto no África Festival, em Belém, no ano anterior.

69. CARLOS BICA TRIO AZUL C/DJ ILL VIBE @ FMM SINES
26 de Julho de 2007
Chamei na altura à actuação do trio Azul com o convidado Ill Vibe "festival de fronteiras abertas". O conservadorismo é palavra que nunca fez parte do dicionário de Carlos Bica, Frank Möbus e Jim Black, músicos de outro mundo que se encaixaram de forma perfeita com um DJ para fazer coisas bonitas, como diria o Artur Jorge, em palco.

70. GIANT SAND @ SANTIAGO ALQUIMISTA
4 de Junho de 2005
Reencontro com um amigo, Howe Gelb, agora com a banda que representa desde há mais de vinte anos (e que terá cá estado apenas nesta ocasião, incluindo Braga, se não estou em erro... e até sou capaz de estar).