sexta-feira, 18 de abril de 2008

Maldoror: a entrevista #10 (e última)



10. "Maldoror" mudou-vos, de alguma forma?

ALC: Não! Pelo menos não temos consciência de uma qualquer mudança... As reações epidérmicas sempre foram uma constante no percurso dos Mão Morta, de disco para disco, de espectáculo para espectáculo, e isso nunca provocou qualquer mudança significativa - as reações epidérmicas e a versatilidade de propósitos fazem parte da nossa identidade mais profunda!


Não esquecer: as últimas apresentações de "Maldoror" (serão mesmo as últimas) acontecem já na próxima quarta-feira, na Culturgest, em Lisboa, e no dia 3 de Maio, no Theatro Circo, em Braga. Entretanto, a gravação dos primeiros espectáculos de "Maldoror" já anda por aí em CD, disponível apenas nos locais e nos dias dos concertos e no site da Cobra.