quinta-feira, 24 de abril de 2008

Dirty Flag ou Black Projectors

As coisas que um gajo descobre. Ou, melhor, as coisas que um gajo aprende de outros, mais atentos. Falava-me esta noite o meu amigo JP, veterano destas andanças musicais (qualquer um ficaria parvo por saber que ele esteve no festival da Ilha de Wight em 1970), que tem estado a adorar os Dirty Projectors. E que -- aí é que vem a parte que custa a engolir -- o álbum era uma cover, na íntegra, de outro álbum de uma banda dos anos 70. Qual? A memória estava a pregar-lhe uma partida, mas chegado a casa, vim verificar tão estranha notícia e... caramba, é o "Damaged" dos Black Flag. O "Damaged".
Quer dizer, anda um tipo a ouvir sem parar, durante duas ou três semanas, feito doido, o "Rise Above" dos Dirty Projectors e só agora é que descobre que aquilo é uma cover integral do "Damaged"?
Bom, na verdade, também não será tanto assim. A Pitchfork, num artigo de Junho do ano passado (!!), já dava conta disto. "Rise Above" foi escrito como que citando de memória o "Damaged", sem ouvir qualquer nota musical ou letra presente neste.
Agora, antes de ir dormir, vou ali atirar-me da janela.