quarta-feira, 9 de julho de 2008

O mundo em Sines (sexto dia)



Moriarty, "Jimmy"

TERÇA-FEIRA, 22 DE JULHO

Iva Bittová (República Checa) - Auditório do Centro de Artes de Sines (22h00). A solo, com o seu violino e a sua voz, Iva Bittová expõe o seu diverso leque de influências, com a música clássica e popular da Europa de Leste a assumir destaque claro.
Moriarty (EUA/França) - Auditório do CAS (23h30). A voz de Rosemary Moriarty lembra as cantoras folk inglesas dos anos 60 (Vashti Bunyan, Shirley Collins, ...) mas os restantes "irmãos" Moriarty puxam ora pelo blues, ora pela folia das pequenas orquestras de bar franceses.
Dead Combo (Portugal) - Ruas do CAS (01h00). O que começou por ser uma homenagem a Carlos Paredes transformou-se rapidamente num dos projectos mais interessantes da nova música portuguesa. No meio das planícies perigosas dos filmes que Morricone musicou, do clima de cortar à faca do tango de Buenos Aires, ou de música nocturna de tantas cidades desse mundo fora, esconde-se um certo toque de fado vadio, um ar em que se respira em português, seja o que for que isso queira dizer.