quinta-feira, 4 de outubro de 2007

Abertura total, de novo #3

(Continuação da entrevista a Alexander Hacke, dos Einstürzende Neubauten, a propósito do novo álbum, "Alles Wieder Offen".)

Q3. Em alguns dos discos destinados em exclusivo aos supporters, vocês criaram um método de trabalho, através da utilização de cartões tirados à sorte. Li que também está presente neste "Alles Wieder Offen". Do que se trata, afinal de contas?

ALEX HACKE: O oráculo divinatório (ou sistema de navegação, se quisermos), ao qual demos o nome Dave foi aplicado na criação das "Jewels" de que falava há pouco. É uma caixa com 600 cartões contendo informação como: "algo suave", "arranhar", "Fa #", "Vegetais" e outras especificações úteis como estas ou ainda mais confusas. Cada elemento da banda pega em algumas cartas e usa-as para se inspirar no que tocar nessa peça em particular.