quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Sexta-feira: a última grande festa na casa da avenida



A boa gente da Filho Único prepara-se para aquela que provavelmente será a última grande festa no nº 211 da Avenida da Liberdade. Dois apartamentos, um número de salas difícil de contar e concertos, muito concertos. O formato foi estreado em Julho de 2007 e foi repetido em Dezembro do mesmo ano, e em Julho recente.
Na sexta-feira, as portas vão abrir às 21h, sendo que a música começa meia-hora mais tarde. Não vai haver "Comida do Povo", pelo que é de ir jantado desta vez. Não vai também haver reservas de bilhetes. A casa é enorme, mas a lotação esgotou das últimas duas vezes, pelo que convém estar cedo no 211. Os bilhetes custarão sete euros e começarão a ser vendidos a partir das 21h. Além dos concertos, que serão em número perto das duas dezenas, o Zeca dos Discos vai estar a meter música. A Flur estará também presente com a sua banca, assim como a editora Daemond Daemond.
Segue-se o horário das actuações:

21h30 - Gustavo Sumpta
22h00 - Kazike + Guilherme da Luz; Alexandre Estrela e J. Braima Galissa
22h40 - Rita Braga e Sei Miguel
23h00 - Ritchaz & Kéke e Alexandre Estrela
23h15 - David Maranha e António Contador + Calhau!
23h30 - Aquaparque
23h40 - Os N'Gapas
24h00 - Alexandre Estrela
00h20 - Panda Bear DJ Set; The Glockenwise e Frango
1h00 - Tropa Macaca
1h10 - Lobster e Coclea
1h35 - Zonk
2h00 - Loosers

Para mais informações, há o site da Filho Único.