domingo, 8 de março de 2009

As novas caixas mágicas?

Há alguns meses, falei aqui, por brincadeira, dos sistemas Jarbas e Alfredo, que, num exercício de imaginação, corresponderiam aos futuros (mas não muito distantes) centros de multimédia, quer no carro, quer no domicílio. Futuros não muito distantes, mesmo. Até há pouco tempo, precisávamos, do lado de cá dos cabos que nos ligam ao mundo, de um computador para o qual descarregávamos música, filmes, etc. Vieram, entretanto, as set-top boxes das operadoras de telecomunicações, que nos permitem, além de gravarmos os programas de TV, alugar filmes e outros conteúdos.
Da mesma forma, até hoje, para acedermos de forma livre (ou ilegal, de acordo com alguns sistemas penais) ao mesmo tipo de conteúdos, continuávamos a precisar do dito computador.
Até hoje. Ora reparem agora no que o mininova, um dos mais populares trackers de torrents, está a vender: caixinhas wireless destinadas a tirar o máximo proveito, em casa, dos conteúdos que os p2p têm para oferecer. Até a Amazon as vende. Mas, mesmo com estas caixas, o computador ainda não será totalmente dispensável. Só que, e já não é novidade nenhuma, afinal, pois a Wired já disso tinha falado há quase um ano, há caixas que já vêm com o acesso aos trackers de torrents... incorporado.