quarta-feira, 7 de maio de 2008

Hoje há Deolinda

«O seu nome é Deolinda e tem idade suficiente para saber que a vida não é tão fácil como parece, solteira de amores, casada com desamores, natural de Lisboa, habita um rés-do-chão algures nos subúrbios da capital. Compõe as suas canções a olhar por entre as cortinas da janela, inspirada pelos discos de grafonola da avó e pela vida bizarra dos vizinhos. Vive com 2 gatos e um peixinho vermelho...»
(in myspace.com/deolindalisboa)

Os Deolinda, grupo de Lisboa que encontrou no fado e noutras expressões da música popular portuguesa o ponto de partida para as canções que faz, apresenta hoje o seu álbum de estreia no São Jorge, a partir das 21h30.