sexta-feira, 21 de Janeiro de 2011

O Maxime vai... fechar

Já andava por aí a correr o boato e agora chegou a confirmação via comunicado oficial. Pode, apesar de tudo, não ser um encerramento definitivo, pode daqui vir uma mudança da equipa que explora o antigo cabarê para outro espaço em Lisboa, mas o melhor mesmo é irmo-nos preparando para a ideia de termos a sala da praça de Alegria... fechada. No próximo dia 29, há a promessa de uma festa de arromba, "daquelas em que vale tudo".

«A vida é como os interruptores, que ora estão para cima, ora estão para baixo…»
Cumpre-nos a ingrata tarefa de anunciar à população que o interruptor do Cabaret Maxime – uma das mais emblemáticas casas de espetáculos da capital – se desliga no próximo dia 29 de janeiro. Por isso torna-se imperioso fazer uma elegante festa de encerramento – daquelas em que “vale tudo”! – uma festa que fique nos anais e também nos orais (e até nos nasais...) do entretenimento em Portugal! Uma festa tremenda, soberba, excessiva, inesquecível, um acontecimento bestial com implicações no próprio Produto Interno Bruto, e até no clima do planeta, uma festa que até os nossos bisnetos irão relembrar com saudade!
“Auf Wiedersehen * Maxime * Goodbye” vai ser a noite das noites, o espetáculo dos espetáculos, a loucura das loucuras! Três horas de performance absolutamente vertiginosa, juntando no mesmo palco artistas de grande impacto me®diático, como são os casos dos Irmãos Catita (música); Miss Suzie (prestidigitação com rãs); Sandro Core (o cantor italiano tetra-romântico); Gretty Star (a bailarina erótica), e ainda Vitor Gomes, o rei dos Gatos Negros, o felino mais assanhado da manada…
Venha assistir a mais uma – a última! – noite de borga, porque Maxime há só um, o da Praça da Alegria e mais nenhum!