sexta-feira, 21 de maio de 2010

A contenção de custos também chegou a Sines

A contenção de custos instalou-se um pouco por todo o lado. Das despesas públicas aos pequenos orçamentos familiares, (quase) todos vamos ter que nos habituarmos à palavra redução. Tal como também nos vamos ter de habituarmos a más notícias como esta. A Câmara Municipal de Sines, que todos os anos organiza o FMM, já confirmou o cancelamento do palco de Porto Covo na edição deste ano do festival, bem como das já habituais datas mais calmas, de segunda e terça-feira, no Centro de Artes. Ou seja, o FMM 2010 foi emagrecido para os dias 28 a 31 de Julho. Este ano, a grande festa começa na quarta-feira.

Comunicado da CMS:

A Câmara Municipal de Sines, entidade organizadora do FMM Sines – Festival Músicas do Mundo 2010, informa que foi decidido o cancelamento do palco de Porto Covo nesta edição.

A decisão tem como efeito imediato o avanço do início do festival para 28 de Julho, quarta-feira, em Sines, passando as datas do evento a ser 28, 29, 30 e 31 de Julho.

Esta alteração não afecta os concertos já anunciados para o Castelo e a Av. Vasco da Gama.

O cancelamento do palco de Porto Covo e, em paralelo, a introdução de medidas de gestão para tornar mais eficiente a realização do evento em Sines, inserem-se num plano de contenção de custos da autarquia motivado pela quebra de receitas agravada pela crise nacional e internacional que atinge actualmente um momento de especial gravidade.

A organização procurou uma solução que garantisse o cumprimento das datas e do modelo inicialmente anunciado, mas tal não se mostrou possível no seu actual quadro financeiro.

Nesta conjuntura, o esforço foi direccionado para diminuir o custos inerentes à dispersão de palcos e à longa duração, eliminar as despesas de produção que não afectam o resultado artístico e concentrar os meios no essencial: um programa que, embora mais curto, terá no seu alinhamento de concertos toda a qualidade e impacto positivo a que o público do FMM está habituado.

A Câmara Municipal de Sines pede a devida compreensão a todos e em particular aos participantes no festival em Porto Covo, assim como à população e comerciantes da freguesia, tendo em conta as suas expectativas.