segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Cápsula nostálgica de Verão (notas finais)

1. Já chega. O exercício de nostalgia facilmente se deixa resvalar para terrenos da futilidade, se o deixarmos. Já diz a sabedoria popular que "dias passados, fogueiras mortas; quem os recorda, revolve cinzas".

2. Fica aqui uma nota de agradecimento ao José F. Pinheiro, quase de certeza o realizador português com mais telediscos no seu portfólio. Mais, ao contrário do que é habitual, não se deixou ficar com o trabalho encerrado na gaveta e tem vindo a disponibilizar, sem parar, a sua obra, imagens fundamentais para recordarmos e percebermos o que foi a evolução da música moderna portuguesa dos anos 90 para cá. Há que agradecer também ao utilizador PORTUGALMETAL pelo volume imenso de telediscos que tem vindo a colocar no youtube e que em muito serviram estas 40 cápsulas que aqui tivemos.

3. Por fim, uma pequena nota de reflexão (ou de mera constatação, quanto mais não seja). Nestas 40 cápsulas, cantava-se em português em 32 delas, em inglês em quatro (e numa era porque se tratava de uma versão), em francês numa, restando ainda dois instrumentais. Como é que este cenário se inverteu por completo, de um momento para o outro, é uma questão que continua a não ter resposta fácil. Talvez os novos rockers baptistas consigam baralhar as cartas de novo e mudar o jogo na mesa. Se ficarem com esse mérito, já valeram a pena.