sexta-feira, 12 de julho de 2013

Sines aproxima-se: Tamikrest



TAMIKREST
Origem: Povo Tuaregue-Tamashek / Mali
Onde e quando: Castelo, dia 28 (sábado), 21h45

Coisas a saber:
1. Os Tamikrest devem parte da sua carreira a três guitarristas mais ou menos lendários na cena independente ocidental, a saber, os australianos Chris Eckman (lembram-se dos Walkabouts?) e Hugo Race (um dos primeiros guitarristas dos Bad Seeds de Nick Cave) e o norte-americano Chris Brokaw (dos Codeine e dos Come), que juntos formam os DirtMusic, um grupo de guitarras fortemente influenciado pela música africana, em especial o chamado blues do Saara. Em 2008, estes foram tocar ao mítico Festival au Désert, no Mali. Ao longo de uma jam que se diz ter durado todos os três dias do festival, os DirtMusic ficaram amigos dos elementos dos Tamikrest, com o qual viriam a colaborar na gravação de um álbum, "BKO" (2010).
2. Com o apadrinhamento dos DirtMusic e da sua editora, a alemã Glitterhouse, os Tamikrest lançaram já dois álbuns, "Adagh" (2010) e "Toumastin" (2011), estando para breve a saída de "Chatma".
3. Tal como os seus conterrâneos Tinariwen, os Tamikrest também preferem hoje as guitarras elétricas às kalashnikovs. Começaram, na sua juventude, por tocar as canções tradicionais tuaregues ou os temas revolucionários dos Tinariwen. Mais tarde, chegaram as cassettes (Jimi Hendrix, Mark Knopfler, Pink Floyd ou Bob Marley) e a internet, que vieram a influenciar o som dos Tamikrest. O antigo manager dos Tinariwen, Andrew Morgan, chamou-lhes o "futuro definitivo da música tuaregue".

No spotify: Tamikrest