quinta-feira, 24 de setembro de 2009

charadas #505

"De peito inchado e cabeça erguida, numa pose que se lhe reconhece amiúde, o senhor que canta estas canções tem uma larva tatuada no braço direito, com o qual segura aliás um bebé que ostenta na testa o sucedâneo daquela larva."