sexta-feira, 25 de setembro de 2009

África cada vez mais dentro de nós

Vai ser preciso esperar por 2012 para se poder usufruir em pleno do AFRICA.CONT, o centro de Arte Africana Contemporânea em construção nas Tercenas do Marquês (palácio antigo entre as Janelas Verdes e a 24 de Julho, já usado pela ZDB) pelo Estado português e pela Câmara Municipal de Lisboa, mas os lisboetas têm já tido oportunidade de beneficiar de programação cheia de interesse que não espera pelo espaço físico. Tem sido o caso do festival de cinema africano no São Jorge, por exemplo, e amanhã decorre, precisamente nas Tercenas do Marquês, um festival de música. A festa começa pelas 15h, com DJ Rykardo, prolongando-se nos concertos do Kora Jazz Trio (Senegal), às 18h, do incontornável Mulatu Astatke, o pai do ethio-jazz, acompanhado pelos Heliocentrincs (20h), ficando o fim para os Ferro Gaita (das 22h às 24h). É uma festa em grande. A entrada é livre, até ao limite da lotação das Tercenas do Marquês.


Mulatu Astatke & The Heliocentrics "Yègellé Tezeta" (Cargo, London, 2008)