segunda-feira, 7 de maio de 2007

James Blackshaw no Má Fama

Aqui há dois anos, quando Josephine Foster veio pela primeira vez a Portugal, trouxe consigo um jovem londrino tímido chamado James Blackshaw. Acompanhado da guitarra de 12 cordas, onde desenvolveu a técnica norte-americana de dedilhação (escola John Fahey/Robbie Basho), James acabou por ser uma das maiores surpresas daqueles três espectáculos. Ele está de volta aos nossos palcos: no sábado, passou pela ZDB, e amanhã vai estar na Tertúlia Castelense, na Maia. Entretanto, podem também escutar um pouco da sua música (e das suas palavras) no programa do costume, o Má Fama, que hoje vai para o ar, a partir das 22h, com uma emissão especial dedicada ao génio deste jovem guitarrista (a ouvir em www.radio.ist.utl.pt/ouvir).