terça-feira, 22 de março de 2011

A Ásia que há no próximo FMM

Acabaram de ser anunciados mais alguns nomes para o próximo FMM Sines, que decorre nos dois últimos fins-de-semana de Julho. De uma assentada, a Câmara Municipal de Sines divulgou os artistas asiáticos do programa.

Do Rajastão, na Índia, vem o projecto Desert Slide, que une o "slide guitarist" Vishwa Mohan Bhatt e o grupo cigano The Divana Ensemble. Tocam a 28 de Julho, no castelo.



Teve o seu nome escrito no programa do ano passado, mas um problema de vistos de entrada na fortaleza de Schengen obrigou ao cancelamento do concerto. O chinês Mamer está de novo anunciado para Sines, agora com atuação marcada para o castelo, no dia 23. Este será o quarto ano consecutivo em que a programação consegue garantir um nome chinês no cartaz, depois de Cui Jian, Hanggai e Sa Dingding.



No dia 29, na penúltima noite do festival, sobe ao palco do castelo o trio feminino Ayarkhaan, proveniente da Iacútia, uma república russa (sim, para quem jogava ao Risk quando era miúdo, é a Yakutsk que andava sempre à bulha com Kamchatka). Tocam o khomus, um berimbau de boca, e praticam o canto gutural típico daquela zona do continente asiático.



O quarto e último projecto asiático hoje anunciado é Shunsuke Kimura x Etsuro Ono, dois intérpretes do shamisen (o instrumento de cordas que mais associamos ao Japão), na classe específica Tsugaru-jamisen, originária da ilha de Honshū. Tocam dia 28, também no castelo.



Podem saber mais aqui.