quinta-feira, 3 de julho de 2014

E hoje é dia do quê? Do regresso dos Lemur!

Diz assim o press release: "rock furiosamente instrumental". E é também mais ou menos isso que está gravado na memória daquilo que foi o surgimento dos Lemur, na Lisboa de há cerca de dez anos, e da sua participação no panteão das bandas que prometiam rebentar com tudo e que, quando vamos a espreitar outra vez, já acabaram. Mas hoje é diferente. Os Lemur estão de volta para um concerto especial no Lounge, que ajudará a celebrar a edição da discografia completa em formato CD (edição a três, entre banda, a Associação Terapêutica do Ruído e a Miranada, dos Familea Miranda). A primeira parte vai ser dos Aye Aye e o resto da animação pela noite fora vai estar na discaria do Mário Valente e da Syma.