quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

A academia a pensar nas cenas musicais, no DIY e no underground

A cena musical underground e as culturas de DIY vão ser alvo da atenção académica, na "Keep it Simple, Make it Fast!", uma conferência que se realizará no Porto, nas instalações da Faculdade de Letras e na Casa da Música, entre os dias 9 e 11 de julho de 2014.

O comité organizador está a aceitar submissões de papers para participação na conferência até ao próximo dia 15 de janeiro. Temas orientadores para as apresentações:

- Desenvolvimentos e complexidades da teoria social na música, nas artes e nas culturas jovens e urbanas;
- Historicidade, genealogia e diacronia das cenas musicais;
- Envelhecimento e género nas cenas musicais underground;
- Espaços urbanos, cenas musicais e novos movimentos sociais;
- Cenas musicais e redes sociais;
- Herança, memória e artefatos;
- Carreiras DIY: vias sociais e profissionais;
- Estilo, estética e corporalidade;
- Mercados, fronteiras, memorabilia e retromania;
- Criação artística e cenas musicais underground;
- Novas dinâmicas de inclusão social através da música e das práticas underground;
- Efeitos sociais e cognitivos da música e das cenas underground: experiência estética, ética, codificação e descodificação;
- Música e artes pela transformação social, arte nas comunidades e arte como parte da cultura urbana.

Os abstracts devem ser escritos em inglês, com aproximadamente 250 palavras, e incluir três a cinco palavras-chave. Devem ser enviados juntamente com uma pequena nota curricular dos autores (100 palavras).

Mais informações em: kismif.eventqualia.net ou www.facebook.com/kismif.conference2014