terça-feira, 11 de dezembro de 2012

O músico independente

O músico independente grava os discos que quiser no tempo que quiser.
O músico independente rodeia-se de quem lhe interessa e não de quem lhe é imposto.
O músico independente toca onde lhe paguem desde que lhe apeteça ali tocar.
O músico independente ajuda outros a vender azeite, se quiser, mesmo que não seja compreendido por alguns (eu incluído).
O músico independente passa da viola braguesa aos beats e depois volta às baladas, se quiser.
O músico independente disponibiliza as suas canções gratuitamente para que todos o possam ouvir.
O músico independente tem a coragem de reinterpretar à sua maneira o álbum de estreia de um gigante da nossa história da música. E é o próprio Sérgio Godinho que o desafia.
O músico independente dá-se ao luxo de abandonar os palcos por um ano, porque lhe apetece.

Não é por causa disto que gosto, e bastante, dos discos e dos concertos do B Fachada. Mas é por causa disto que o respeito enquanto músico como a poucos. Antes do abandono prometido, vai estar ao vivo no Teatro Académico Gil Vicente (dia 19), no B.Leza (20) e no Tertúlia Castelense (21). "O Fim", nome do novo álbum, vai estar disponível para descarregamento livre no site.