domingo, 14 de fevereiro de 2010

Na ressaca de um belo Baile

O qual teria ganho ainda muito mais se os Plaid tivessem tocado (houve problemas com a viagem de avião -- virão cá em breve, contudo) e se o público tivesse comparecido em maior número. Mas, ainda assim, o set do Radioclit -- meio live act (com a ajuda de um MC e do incontornável SP-404 da Roland), meio DJ -- foi suficiente para arrasar a festa. E isto depois de um não menos explosivo set dos portugueses Octa Push. Venham mais Bailes. E que o(s) Radioclit venha(m) novamente, se possível com a noite secousse do Notting Hill Arts Club ou com o seu camarada Esau Mwamwaya.