sexta-feira, 23 de Fevereiro de 2007

Bailarico Sofisticado nas "Tasquinhas"

Ainda falta algum tempo, mas aqui fica desde já a confirmação: no último sábado de Março, dia 31, e também último dia da famosa Feira das Tasquinhas de Rio Maior, o Bailarico vai estar para o final da festa, no In a Bar.

Um fétiche pelo passado

Os Sonic Youth a apresentarem o Daydream Nation na íntegra. Os Slint a fazerem o mesmo por Spiderland. Ou ainda os House of Love a tocarem o primeiro álbum, homónimo. É esta a programação dos próximos concertos "Don't Look Back", que a malta da All Tomorrows Parties organiza regularmente, e que já contou no passado com Belle and Sebastian ("If You're Feeling Sinister"), Stooges ("Funhouse"), Green on Red ("Gas Food Lodging"), Tortoise ("Millions Now Living Will Never Die"), Girls Against Boys ("Venus Luxure No1"), Low ("Things We Lost In The Fire"), Isis ("Oceanic"), Tindersticks ("Tindersticks (II)"), entre outros. Os espectáculos previstos para 2007 acontecem em Londres, a 22 e 31 de Agosto (SY e Slint, respectivamente) e a 13 de Setembro (House of Love). Façam já contas ao dinheiro, que os bilhetes esgotam-se num ápice (se é que já não voaram...)

Hoje: reggae, rock'n'roll e Zeca Afonso



A Positive Vibes volta a apresentar mais uma grande noite de Reggae. Hoje, no Pavilhão dos Lombos, em Carcavelos, sobem ao palco as lendas jamaicanas U-Roy e Junior Murvin, numa festa que ainda inclui, como cabeças de cartaz, os norte-americanos Groundation, e, a abrir a noite, os portugueses One Love Family e Julah Jah Soundsystem.

Mas há mais por Lisboa. Os Green Machine voltam à capital para um concerto de entrada livre no Lounge, os Linda Martini tocam na ZDB e os Corsage no Music Box. No Porto, há segunda noite dos X-Wife pelo Mercedes, ao passo que BiarooZ e Isan apresentam-se no Passos Manuel. Mais a norte, no Theatro Circo de Braga, decorrerá o segundo concerto do colectivo Chirgilchin, depois de ontem terem passado por Lisboa.

Há que tomar nota também do largo número de eventos que, ao longo destes dias, evocam a memória de Zeca Afonso. Decorrem hoje 20 anos desde o seu falecimento. O melhor mesmo é consultar o blogue da Associação José Afonso.

quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2007

Para hoje...

E porque há que subverter o espírito de recatamento da Quaresma, eis as opções de concertos já para hoje:

(Por Lisboa...)

22h @ São Jorge: Chirgilchin. Vêm de Tuva, aquela pequena república entre a Mongólia e a Sibéria, e exploram, como a maioria dos músicos que provem dali, a técnica vocal do canto gutural. Entrada: 15 euros.

23h e tal @ ZDB: Manta Rota (& Minimalão DJ Battle). Colectivo-comunidade-neo-folk-frique-livre na inauguração da exposição de vídeo e fotografia de João Tabarra. Entrada livre.

(Pelo Porto...)

O Meu Mercedes é Maior que o Teu: X-Wife. Novo álbum e digressão pelos palcos nacionais antes de partida para os EUA.

Fábrica do Som: Jesus the Misunderstood. Mais uma etapa da digressão de segundo aniversário da netlabel Merzbau pelo país.

segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2007

Um vídeo por dia traz cor e alegria #23

No Pussy Blues

Add to My Profile | More Videos

GRINDERMAN "NO PUSSY BLUES" (videoclip)

DATA: 2007
"No Pussy Blues" é uma das primeiras faixas dos Grinderman, a nova banda de Nick Cave. Juntamente com três Bad Seeds (Martyn Casey no baixo, Warren Ellis nas cordas e Jim Sclavunos na bateria), Cave, agora também guitarrista, volta a ser mau como as cobras nesta investida pelo rock de garagem, pesado, bruto, feio e cabeludo. "Get it On", primeiro single, de edição bastante limitada, pode também já ser escutado no myspace da banda. O álbum, homónimo, sai já no mês que aí vem.

"No Pussy Blues", nas palavras dos próprios músicos:

"As our dreams and desires are hung on the butcher's hook of rampant consumerism, and the mirage and the illusion and the Nike trainers are served up on the trembling quim of an impossibly nubile girl-thing, No Pussy Blues tells it like it is," suggests Cave. "It is the child standing goggle-eyed at the cake shop window, as the shop-owner, in his plastic sleeves, barricades the door and turns the sign to "CLOSED". It is the howl in the dark of the Everyman."
"Set over a throbbing pornographic bass line, the world holds its breath for the onslaught of the wah's shriek of frustration and dirty water," counters Casey. "No Pussy Blues continues in the blues tradition and its timeless fascination with getting laid...or not."
"It's 'Back Door Man', it's 'Crawling King Snake', it's 'Tiger Man'," says Ellis.


E, já agora, a letra:

My face is finished, my body's gone.
And I can't help but think standin' up here in all this applause and gazin' down at all the young and the beautiful.
With their questioning eyes.
That I must above all things love myself.

I saw a girl in the crowd,
I ran over I shouted out,
I asked if I could take her out,
But she said that she didn't want to.

I changed the sheets on my bed,
I combed the hairs across my head,
I sucked in my gut and still she said
That she just didn't want to.

I read her Eliot, read her Yeats,
I tried my best to stay up late,
I fixed the hinges on her gate,
But still she just never wanted to.

I bought her a dozen snow-white doves,
I did her dishes in rubber gloves,
I called her Honeybee, I called her Love,
But she just still didn't want to. She just never wants to.

I sent her every type of flower,
I played her guitar by the hour,
I patted her revolting little chihuahua,
But still she just didn't want to.

I wrote a song with a hundred lines,
I picked a bunch of dandelions,
I walked her through the trembling pines,
But she just even then didn't want to. She just never wants to.

I thought I'd try another tack,
I drank a litre of cognac,
I threw her down upon her back,
But she just laughed and said that she just didn't want to.

I thought I'd have another go,
I called her mah little O,
I felt like Marcel Marceau
must feel when she said that she just never wanted to. She just didn't want to.

I got the no pussy blues.

sexta-feira, 16 de Fevereiro de 2007

ípsilon

Talvez ainda seja cedo para o afirmar com toda a certeza, mas tenho apreciado esta guardianização do Público. Pelo menos, a nível da forma, já que o conteúdo tende a ser, de forma geral, o mesmo, e sobre isso não há nada a apontar.
Reservei alguma curiosidade para este novo suplemento que hoje saiu para as bancas, o ípsilon. Na prática, o ípsilon vem reunir num único caderno aquilo que eram o Y e o Mil Folhas. É um passo arriscado juntar duas coisas que eram servidas de forma diferente, eventualmente para públicos diferentes. Corre-se, por exemplo, o risco de abordar a pop de forma séria demais ou de tratar os livros com pouco respeito. Mas, afinal, será que é mesmo assim? Ou melhor, terá de ser mesmo assim? Talvez não, e espero que o ípsilon possa provar isso. Aliás, não traz propriamente novidade nenhuma. Já outros suplementos de outros jornais o fazem há imensos anos. O que eu desejava, acima de tudo, e a respeito da música, era que não acontecesse o mesmo que se passa naqueles (e que, em certa medida, surge já como ameaça neste primeiro número do ípsilon): primeiro, remeter-se a música, enquanto arte menos "séria", para um canto; segundo, falar-se apenas dos fenómenos de entendimento mais geral e esquecer a cultura urbana que desponta por cá e não no écran de uma MTV. O Y chegava lá. Espero que o ípsilon demonstre que também tem intenções de o fazer.

O Left regressa

quinta-feira, 15 de Fevereiro de 2007

Para quem gosta de charadas II

Uma frase críptica = banda ou artista. É esta a lógica de um dos muitos quebra-cabeças criados pelo holandês Arno de Wever (em colaboração com o amigo Gavin). Há quebra-cabeças sobre o festival da Eurovisão, sobre letras de canções, sobre futebol, sobre filmes, enfim...

Para quem gosta de charadas

À semelhança do que já havia feito no ano passado, a Xfm lançou um jogo de charadas à volta do tema música. Desta vez, encontram-se expostos mais de sessenta recortes extraídos das capas de igual números de discos editados no ano passado. O objectivo é, claro, adivinhar o nome do artista e do disco. Não é fácil...

quarta-feira, 14 de Fevereiro de 2007

Europeus unidos por... Tom Waits

Vá lá, toca a assinar esta petição, onde na qual o povo europeu solicita que Tom Waits se digne a voltar à Europa para uma digressão. É imperativo. E, já agora, que passe por este rectângulozito a Sudoeste...

Mais um amigo instalado na vizinhança

Chama-se A Pedreira e é o blogue de Gonçalo Palma, jornalista e crítico musical. N'A Pedreira vai ser frequente encontrar críticas, recuperações de pérolas do passado, curiosidades diversas, notícias, vídeos, enfim, todo um conjunto de testemunhos desta paixão pela música de que o Gonçalo sofre. Bem-vindo, ó Palma!

terça-feira, 13 de Fevereiro de 2007

Festival Alive?

Pode ser que o cartaz do Festival Alive, o primeiro evento de grandes dimensões da produtora Everything is New, não venha a ser muito diferente deste (atenção: esta informação não é de todo garantida e carece de confirmação oficial):

Dia 8 de Junho: Pearl Jam (*), Linkin Park (*), Sonic Youth, My Chemical Romance
Dia 9 de Junho: Smashing Pumpkins (*), Muse, The Hives (ou Kaiser Chiefs), Stone Sour
Dia 10 de Junho: Beastie Boys (*), Beatsteaks, The Kooks, Da weasel (*)
(*) nomes aparentemente confirmados

Até dói ver os Sonic Youth e os Beastie Boys misturados no meio disto...

O entrudo que se aproxima

Há programas para todos os gostos. Tanto para quem se quer divertir à grande como para quem quer passar ao lado do clima de farra desta época. Aqui ficam algumas das opções para a noite do Carnaval, na próxima segunda-feira:

Lisboa, ZDB: Anonima Nuvolari e Freestyleira
Lisboa, Maxime: Ena Pá 2000, Miss Suzie, Phil Mendrix, MD Gimba
Lisboa, Santiago Alquimista: Devastations
Lisboa, Music Box: Bunnyranch, Slimmy, Handsome Hank & Peter, Lady G Brown & Bastard
Lisboa, Casino: José Cid

E, é claro, há que ter atenção a mais a uma edição do Entrudanças, essa bela festa que todos os anos invade Castro Verde. O programa começa no sábado gordo com Dites 34, Vozes do Imaginário, Ganhões de Castro Verde e a Banda Filarmónica 1º de Janeiro. No domingo, há Dites 34 e No Mazurca Band. A encerrar, na noite de Entrudo propriamente dita, haverá Uxu Kalhus, João Gentil e Luís Formiga.

Aproveitem os comentários e deixem outras sugestões para a rambóia, principalmente para coisas que aconteçam foram de Lisboa.

O diy punk e o eBay

O punk não morreu, já sabíamos. O do-it-yourself do punk muito menos. Adquiriu foi novos contornos. Esta manhã, fui buscar mais uma compra no eBay aos correios (a propósito, o 7" do "If the Kids are United"). Para minha surpresa, o pacote vem acompanhado de uma série de fotocópias de promoção de uma banda punk, Surgery Without Research, e... um álbum em CD (nem sequer é CD-R)!

sexta-feira, 9 de Fevereiro de 2007

Abram alas para o Norbi

Há que contar a toda a gente a prodigiosa relação que Norberto Lobo tem com a sua guitarra, nesta ressaca de um extraordinário concerto como o que ontem ocorreu no palco da belíssima sociedade recreativa Guilherme Cossoul.

Não é habitual ver-se por cá guitarristas como ele. Apesar de arriscar tocar Paredes numa guitarra clássica com cordas de nylon, apesar de recuperar um ou outro tema de origem tradicional portuguesa, Norberto fá-lo de uma forma pouco ou nada ibérica, pouco ou nada europeia, o que agrada à nova geração indie, que agora recupera avidamente as raízes da folk americana, os blues, o bluegrass, o fingerpicking de guitarristas como John Fahey. É no fingerpicking, na doutrina da mão direita, que Norberto vai buscar o seu modus operandi. Sozinho, consegue providenciar toda uma gama de ritmos (leia-se groove) que tornava perfeitamente dispensável a companhia, ontem, do percussionista IanCarlo Mendonza. Não por culpa deste, que acabou por evidenciar de forma suprema o seu métier, e apenas com ajuda de uma lata de refrigerante, de um banco e do seu próprio corpo (coisas destas deviam aparecer no youtube...)

Como em Paredes, não é só a execução de um conjunto de peças musicais que sobe ao palco. O que ali se assiste é a uma relação, ora de amor, ora de arrufo (mas mais de amor do que de arrufo) entre músico e instrumento, entre sujeito e objecto. Norberto não é o mais exímio dos guitarristas, note-se. Erra e salta por cima das notas. Mas a música que oferece aos espectadores carrega um pulsar orgânico que poucos se podem gabar de conseguir transmitir.

Há que contar a toda a gente esta prodigiosa relação. Para quem não teve ainda oportunidade de o ver, aconselha-se a visita a www.myspace.com/norbertolobo.

(O trocadilho do título não é original. Confesso que o li algures e que desavergonhadamente o estou a roubar... Ah, e parabéns à Merzbau e ao Má Fama pela festa de ontem.)

Charadas #314

quinta-feira, 8 de Fevereiro de 2007

Dead Combo ao vivo na rádio

Portugália, o programa de Henrique Amaro na Antena 3, apresenta hoje a actuação dos Dead Combo no festival holandês Eurosonic. A gravação vai também estar disponível via internet a partir de amanhã.
Antena 3

A digressão dos Bunnyranch

16 Fev. - Abrantes, Jet
17 Fev. - Lagos, Espaço Jovem
19 Fev. - Lisboa, Music Box
01 Mar. - Coimbra, Ar de Rato
03 Mar. - Esposende (Forjães), Kastru's Bar
10 Mar. - Alcobaça, Clinic
15 Mar. - Portalegre, CAE
16 Mar. - Évora, SHE
17 Mar. - Faro, Os Artistas
23 Mar. - Leiria (Maceiras), Alfa Bar
24 Mar. - Sines, Largo do Castelo
30 Mar. - Porto, Porto-Rio
31 Mar. - Corroios, Cine Teatro
06 Abr. - Lisboa, Cabaret Maxime

Charadas #313

quarta-feira, 7 de Fevereiro de 2007

Pára tudo!

Última hora: BEASTIE BOYS EM PORTUGAL! BEASTIE BOYS EM PORTUGAL! BEASTIE BOYS EM PORTUGAL! BEASTIE BOYS EM PORTUGAL! BEASTIE BOYS EM PORTUGAL! BEASTIE BOYS EM PORTUGAL! BEASTIE BOYS EM PORTUGAL! BEASTIE BOYS EM PORTUGAL! BEASTIE BOYS EM PORTUGAL! BEASTIE BOYS EM PORTUGAL! BEASTIE BOYS EM PORTUGAL! BEASTIE BOYS EM PORTUGAL! BEASTIE BOYS EM PORTUGAL!

Pois é. Dia 10 de Junho, dia de Portugal, de Camões e das Comunidades. E da estreia ao vivo dos Beastie Boys por palcos portugueses.
Vão ser eles o grande nome do Alive Festival, um evento que se realizará em Lisboa e que estará a ser produzido pela Everything is New, a empresa de Álvaro Covões que resultou da sua saída da Música no Coração. Do cartaz fazem também parte os Pearl Jam, com concerto marcado para dois dias antes.
Vejam em www.beastieboys.com/news.php?NewsID=57.

Charadas #312

terça-feira, 6 de Fevereiro de 2007

Um vídeo por dia traz cor e alegria #22



THE JESUS AND MARY CHAIN - YOU TRIP ME UP (videoclip)

DATA: 1985
O segundo single na carreira dos Jesus and Mary Chain tem uma particularidade curiosa acerca do seu videoclip. Estas imagens são mesmo aquilo que aparentam: são imagens do Algarve. Que faziam os Jesus por cá nesta altura? Talvez andassem a gastar o budget de promoção para o primeiro álbum que estava para surgir, "Psychocandy", pelas tascas de Lagos (se é que se trata de Lagos). E quem é que teve a ideia demente de espetar uma belíssima Vox Phantom na areia? O Bobby Gillespie?

A gira espanhola dos Undertones

Como se falava nos comentários de um post mais abaixo, os irlandeses Undertones -- em mais um dos seus regressos sem a presença de Fergal Sharkey -- vão andar por terras vizinhas, no final do mês de Março. Veja-se as datas:

28 - Madrid, El Sol
29 - Bilbau (País Basco)
30 - A Estrada (Galiza)
31 - Xixón (Astúrias), Parque del Piles

A Estrada não fica tão longe quanto isso... E até é uma zona bem bonita...

Charadas #311

Finalmente, cara nova

O tasco continua amarelo (um pouco mais amarelo, que a D. Alzira andou a espalhar lixívia pelas paredes), mas há aqui ou ali algumas novidades (e ainda há mais para vir). E o IE também já consegue ler isto como um browser decente.
Mandem sugestões. Queixem-se do cheiro da tinta ou da nova arrumação (por exemplo, o texto está a fugir demasiado para a direita... há que corrigir isto numa próxima investida).

segunda-feira, 5 de Fevereiro de 2007

Um vídeo por dia traz cor e alegria #21



ANONIMA NUVOLARI "BELLA CIAO" (ao vivo)

Data: 2005 (?)
Oriundos de Itália e residentes em Portugal, os Anonima Nuvolari conseguem criar a partir do palco o "balle popolare" mais contagiante que se viu por cá nos últimos tempos. Recorrem às canções que Itália pôs cá para fora ao longo do século passado, de Renato Carosone a Paolo Conte, de Vinicio Capossela a Toto Cutugno, entre muitos outros. Costuma ser particularmente incendiária a interpretação deste "Bella Ciao", a famosa canção da "resistenza" armada italiana que combateu os alemães durante a segunda grande guerra.
A noite de Carnaval da ZDB vai ser feita por eles (e, noutro registo, pelos Freestyleira). Não vão faltar motivos para cantar, dançar, berrar, pular... enfim, é uma noite a não perder.

Cardinalices

Já aqui tinha falado da edição do ano passado do South by Southwest (SXSW), um festival de música e cinema que literalmente ocupa toda a cidade de Austin, no Texas. A dimensão que este evento ganha é quase inacreditável. Em 2006, por exemplo, aconteceram quase 1500 concertos nas 64 salas que participaram na festa, ao longo de apenas cinco dias. Filmes foram 230, conferências com músicos e cineastas foram mais do que muitas. Diziam os enviados especiais da Radar (a rádio lisboeta) que os "festival-goers" andam nas ruas armados de mapas e programas, sempre a fazerem contas de cabeça ao que vão ver, ao que vão dispensar...

A edição de 2007 do SXSW ocorre entre 14 e 18 do próximo mês de Março. Os nomes dos principais artistas vão surgindo aos poucos e poucos: Stooges, Jandek, The Good the Bad and the Queen ou Thurston Moore, entre muitos outros. Os showcases de editoras, como o do Beggars Group, vão também sendo anunciados. E há também portugueses envolvidos: X-Wife, You Should Go Ahead ou David Fonseca.

Entretanto, prepara-se já em Toronto, no Canadá, o festival North by Northeast (NXNE). O NXNE nasceu de facto como uma réplica da ideia do SXSW, há 11 anos: um festival de música e cinema que faça mexer com uma cidade inteira. O programa da edição deste ano, que decorre entre 7 e 9 de Junho ainda não é conhecido, mas ainda estão abertas, até 23 de Fevereiro, as candidaturas para os showcases.

Isto no IE

Reparei, entretanto, que o Internet Explorer faz uma leitura pouco apropriada das formatações do tasco. Os títulos, quando compridos, são praticamente inintelegíveis, por exemplo.
Já não faltará muito para que isso se altere, porém. (Só falta é paciência e algum tempo...)

Desassossegos

"2º Andar, Direito", de Sérgio Godinho (álbum: "Pano Cru")
É impossível ficar-se indiferente a canções como esta.

Charadas #310

sábado, 3 de Fevereiro de 2007

Nicotinências

Nicotine's Orchestra. Um microfone, uma guitarra, um kit de bateria. Apenas um homem. Todos ao Lounge, que é hoje!
http://www.myspace.com/nicotinesorchestra

quinta-feira, 1 de Fevereiro de 2007

Um vídeo por dia traz cor e alegria #20



K'NAAN "SOOBAX" (videoclip)

DATA: 2006
Hip hop somali? K'Naan nasceu em Mogadishu há cerca de 29 anos. Aos 13, e depois de uma infância perigosa (os temas falam amiude da sorte que ele sente em estar vivo), emigrou para Nova Iorque, vivendo hoje no Canadá. Um dos momentos marcantes da sua curta carreira foi quando, num concerto realizado a convite das Nações Unidas para a celebração do 50º aniversário do Comissariado para os Refugiados, aproveitou para criticar a forma como a ONU geriu a crise somali nos anos 90. O hip hop é uma arma política nas mãos de K'Naan, a maior revelação da edição do ano passado do Festival de Músicas do Mundo de Sines.

Charadas #308